Quarta-feira, 7 de Março de 2007

ESTAÇAO DE TRATAMENTO DE ÁGUAS

ESTAÇÃO DE TRATAMENTO DE ÁGUAS
 
 
BREVE DESCRIÇÃO DAS ETAPAS DO TRATAMENTO
 
 
  • Coagulação - A primeira destas etapas é a coagulação, quando a água bruta recebe, logo ao entrar na estação de tratamento, uma dosagem de sulfato de alumínio. Este elemento faz com que as partículas sólidas, sobretudo argila, iniciem um processo de aglomeração.
 
  • Floculação - Segue-se a floculação, quando, em tanques de concreto, continua o processo de aglutinação das impurezas, na água em movimento. As partículas se transformam em flocos mais pesados.
 
  • Decantação - A água entra em outros tanques, onde vai ocorrer a decantação. As impurezas, que se aglutinaram e formaram flocos, vão se separar da água pela ação da gravidade, indo para o fundo dos tanques.
 
 
  • Desinfecção - A água neste ponto parece ser potável, apenas sob o aspecto organoléptico, mas para maior proteção contra o risco de contaminações, é feito o processo de desinfecção. Pode ser através feita através do cloro líquido, do cloro gasoso ou de outras formas. A cloração, serve para eliminar germes nocivos à saúde e garantir a qualidade da água até a torneira do consumidor.
 
  • Fluoretação - Opcionalmente, pode ser feita a fluoretação, quando é adicionado fluorssilicato de sódio ou ácido fluorssilícico em dosagens adequadas. Com o objetivo de reduzir a incidência de cárie dentária, especialmente nos consumidores de zero a 12 anos de idade, período de formação dos dentes. Por ser arbitrária, essa pratica costuma causar certa polêmica nos EUA, devido ao fato de que, em cerca de 20% dos casos, causa algum tipo de fluorose infantil.
 
  • Correção de pH- A última ação neste processo de tratamento da água é a correção de pH, quando é adicionada a cal hidratada ou barrilha leve (carbonato de sódio) para uma neutralização adequada à proteção da tubulação da rede.
 
 
Entre a entrada da água bruta na Estação de Tratamento até sua saída, já potável,   decorrem cerca de alguns segundos a 60 minutos , dependendo da qualidade da água bruta e do tipo de tratamento adotado.
 
 
 
FUNÇÃO DOS PRODUTOS QUÍMICOS UTILIZADOS NO PROCESSO
DE TRATAMENTO
 
 
 
SULFATO DE ALUMÍNIO:

Substância que agrega as partículas de sujeira que estão na água.
 
 
 
CAL:

Produto que corrige o pH da água.
 
 
 
CLORO:

Substância que mata as bactérias e microorganismos presentes na água.
 
 
 
FLÚOR:

Substância que auxilia na redução das cáries dentária.
BY: sepol às 16:57

link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.PROCURAR

 

.Março 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. SABIAS QUE....

. COMO A ÁGUA PERDE A SUA P...

. CARTA EUROPEIA DA ÁGUA

. DECLARAÇÃO UNIVERSAL DOS ...

. O MANEJO RACIONAL DA ÁGUA

. ESQUEMA DE UMA ETAR(ESQUE...

. ESTAÇAO DE TRATAMENTO DE ...

. PRINCIPAIS DOENÇAS RELACI...

. PROBLEMAS MAIS COMUNS NA ...

. CONTAMINAÇAO DA ÁGUA

. MONITORAMENTO DA QUALIDAD...

. OS DIFERENTES USOS DA ÁGU...

. O CICLO DA ÁGUA

. TIPOS DE AGUA

. OS ESTADOS DA ÁGUA

. A QUALIDADE DA AGUA

. A DISTRIBUIÇAO DA AGUA NA...

. O PRINCIPIO DO METODO DE ...

. A IMPORTANCIA DA AGUA

. A CARACTERIZAÇÃO DA ÁGUA

.arquivos

blogs SAPO

.subscrever feeds